Notícias


Seminário étnico-racial debate afroturismo e ancestralidade na educação de Queimados

Encontro reuniu mais de 200 profissionais da rede municipal em três painéis no Teatro Municipal Metodista

14/11/2023 21:31

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

Com o propósito de enriquecer a diversidade étnica, histórica, cultural e social no ambiente escolar por meio de uma abordagem educacional antirracista, a Prefeitura de Queimados, por meio da Secretaria Municipal de Educação, realizou nesta terça-feira (14) o V Seminário das Relações Étnico-Raciais. Sob o tema "Afrofuturismo e Ancestralidade: o futuro que desejamos começa agora", o evento reuniu mais de 200 profissionais da educação durante todo o dia no Teatro Marlice Margarida Ferreira da Cunha, no bairro Pacaembu. 
 
O encontro foi dividido em três diferentes painéis. O primeiro falou sobre o tema central do seminário; o segundo "Afrofuturismo e Ancestralidade: a literatura, narrativas identitárias e afetividade" e "Escola Antirracista: um lugar de felicidades"; e o terceiro painel, "Afrofuturismo e Ancestralidade: Lei 10639/03 - Arte e cultura na escola". Os temas foram abordados por especialistas nas temáticas, entre eles o professor doutor Idemburgo Frazão; a escritora e animadora cultural Eliane Dias; o pedagogo e músico Moisés Machado; e a professora de Artes, Ana Paula Santana. O dia contou com apresentações culturais dos alunos da rede municipal.
 
Ao palestrar sobre o tema do primeiro painel, o professor doutor Idemburgo entende que o racismo é uma das engrenagens que mais emperram o pleno desenvolvimento de atividades a favor da liberdade. "Conforme o livro  'O Gigolô das Palavras', obra de Luiz Fernando Veríssimo, o racista é aquele que não fala do racismo. Ou seja, as pessoas, infelizmente, têm misturado a questão do racismo com a do território. Portanto, o problema não é ser negro, mas ser negro e pobre, pois é diferente de ser branco e pobre", comentou o professor.
 
Ao explorar o afrofuturismo, o evento estimulou discussões sobre futuros possíveis e inspiradores para a comunidade afrodescendente, incorporando elementos de ficção científica, tradições ancestrais e inovação. Além disso, o seminário reforça a importância da construção de ambientes educacionais inclusivos, reconhecendo e celebrando a herança africana. Essa abordagem não apenas fortalece a identidade dos estudantes afrodescendentes, mas contribui para a luta antirracista, moldando um futuro educacional mais representativo e respeitoso.

Últimas Notícias

keyboard_arrow_left
    

Consulta médica, inscrição no CadÚnico, isenção para documentos e mais de 30 atendimentos serão oferecidos das 9h às 16h na região

Secretaria Municipal de Administração apresenta o Novo site oficial e Portal de Transparência

Unidade Móvel pretende atender 1,6 mil pessoas que estão na fila de espera durante todos os finais de semana de maio

O dia marcou a celebração dos 25 anos de estrada do Tarântulas Motoclube com mais de 10 horas de shows

Informações do Edital 3048/2024 sobre Processo Seletivo de Contração de Pessoal por tempo determinado

Cantores e pregadores da música gospel se apresentarão no Parque de Eventos

Tradicional festa celebra os 25 anos do Tarântulas Motoclube no Parque de Eventos, no Pacaembu

Vagas são limitadas e acontecem no Centro de Artes e Esportes Unificados

    
keyboard_arrow_right
RUA HORTÊNCIA, N° 254
CENTRO - QUEIMADOS/RJ
TEL: (21) 2665-2206
E-MAIL: chefiadegabinete@queimados.rj.gov.br
Facebook   Instagram

Siga-nos nas redes sociais