Prefeitura de Queimados - Mais Trabalho e Novas Conquistas
Facebook   Instagram   Youtube   Flickr   Blogspot

Noticías


Queimados promove ação de combate à hanseníase

Município oferece tratamento e medicamentos gratuitos a pessoas diagnosticadas com a doença

31/01/2020 18:05

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

Uma manhã de aprendizado e cuidados com a saúde: assim começou esta sexta-feira (31) para os moradores de Queimados que passaram pela Praça Nossa Senhora da Conceição, local escolhido pela Prefeitura para uma ação de combate à hanseníase. A iniciativa, realizada por meio da Secretaria Municipal de Saúde, teve como objetivo orientar a população sobre os riscos, tratamento e sintomas da doença.

Causada pela bactéria Mycobacterium laprae (ou bacilo de Hansen), a hanseníase é uma doença infecciosa que afeta os nervos periféricos e diminui a sensibilidade da pele. Entre os principais sintomas estão o surgimento de manchas esbranquiçadas, avermelhadas ou amarronzadas, sensação de formigamento, inchaço nas mãos e nos pés, febre e ressecamento nos olhos.

Para o Secretário da Pasta, Osiris Melo, é de suma importância promover ações educativas em locais de fácil acesso à população. “Às vezes as pessoas não têm tempo de ir ao posto de saúde e acabam não sabendo como evitar certas doenças. Com essa iniciativa, conseguimos prevenir que males como esse atinjam a nossa população”, destacou o gestor.

Moradora do bairro Valdariosa, Adriana do Nascimento (52) aproveitou a oportunidade para pegar um encaminhamento para dermatologia. “Estava indo no mercado e quando vi essa equipe aqui não quis perder tempo. Tirei todas as minhas dúvidas e já vou marcar um médico para acompanhar melhor umas manchinhas que apareceram no meu corpo”, destacou a dona de casa.

Atendimentos e medicamentos gratuitos

O Programa de Controle de Hanseníase existe há 35 anos no município e oferece tratamento e medicamentos gratuitos para pacientes com a doença. Além disso, o setor oferece exames e orientações a todos os familiares da pessoa diagnosticada.

Só em 2019, o programa registou 819 atendimentos (dos quais apenas 21 casos se confirmaram positivos). De acordo com a Coordenadora Juçara de Lima, a doença tem cura. “O tratamento varia de seis meses a um ano, dependendo da gravidade e do comprometimento do paciente”, informou.

Para realizar uma consulta, basta procurar o setor na Rua Onze, s/nº, Vila Pacaembu (anexo ao CETHID) portando identidade, CPF, comprovante de residência, cartão do SUS e encaminhamento médico.

Últimas Notícias

keyboard_arrow_left
    

Novos equipamentos de proteção individual serão distribuídos entre agentes públicos e população. Doação é fruto de parceria entre a Prefeitura, o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Baixada Fluminense e a Amil

Serviço, que é oferecido gratuitamente, atenderá também pessoas com Psoríase, Artrite Reumatoide, Retocolite Ulcerativa, entre outros transtornos

Ferramenta disponibilizada no site da Prefeitura permite acessar dados atualizados da doença no município

Decreto publicado no Diário Oficial desta terça-feira (30) lista medidas que incluem liberação de academias e da feira dominical

Exclusiva para gestantes e puérperas, unidade está ligada à Maternidade Municipal. Pacientes terão acesso a serviços como pré-natal, pediatria, puericultura, ginecologia, teste do pezinho e exames rápidos de IST's

Interessados devem ter experiência em atendimento a crianças e adolescentes. Vencimentos chegam a R$ 1.327,27 e inscrições pela internet terminarão em 30 de junho

Candidatos terão até 13 de julho para entregar documentação exigida no edital. Total de 64 profissionais serão empossados

Salas de tomógrafo e eletroencefalograma, três unidades básicas e base do SAMU serão entregues à população a partir desta segunda (22)

    
keyboard_arrow_right
Facebook     Twitter     Youtube     Flickr     Blogspot