Prefeitura de Queimados - Mais Trabalho e Novas Conquistas
Facebook   Instagram   Youtube   Flickr   Blogspot

Noticías


Com foco no desenvolvimento turístico, Queimados sedia Seminário da Baixada Verde

Evento desta quarta (27) reuniu representantes e conselheiros de 10 municípios no Teatro Metodista, além de membros da sociedade civil

27/11/2019 04:00

SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA E TURISMO

Quando o assunto é turismo no Rio de janeiro as primeiras imagens que vêm à cabeça são os pontos mais conhecidos, como o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar. Mas, para desmistificar essa ideia, o Seminário Baixada Verde - realizado nesta quarta-feira (27) em Queimados - mostrou à população que a Baixada Fluminense também tem atrativos de lazer.
 
Organizado pelo Conselho da Baixada Verde – formado pelos municípios de Queimados, Belford Roxo, Duque de Caxias, Japeri, Magé, Mesquita, Nilópolis, Nova Iguaçu, São João de Meriti e Seropédica –, o evento contou com a participação de autoridades de cada cidade e debateu políticas públicas de incentivo ao turismo da região.
 
Presente na mesa de abertura, o prefeito Carlos Vilela destacou a importância de investir no setor. “Existe muito estigma sobre a Baixada, principalmente nas áreas mais afastadas. Por isso, é necessário mostrar à população e às autoridades estatais que vale a pena investir na nossa cidade. Temos muito a contribuir para o turismo, pois ele incentiva a economia local, produz emprego e gera uma consciência acerca da história do próprio município”, afirmou o gestor, ao lado do Secretário Municipal de Cultura e Turismo, Marcelo Lessa.
 
Para a turismóloga da Unirio, Tania Omena, é necessário que os técnicos de turismo integrem a representação local. “O Tribunal de Contas do Estado enxerga esse setor como prioritário, existem recursos no Ministério do Turismo para quem cumpre as demandas solicitadas. Os Conselhos Municipais precisam ser compostos por um corpo técnico e as autoridades locais precisam deixar esse trabalho acontecer, pois ele é obrigatório. O seminário é fundamental para conscientizar que esse é o momento de estabelecer a cultura, o esporte e o turismo como prioridade”, declarou a Presidente da Associação Brasileira de Turismólogos e Profissionais de Turismo.
 
Já para o Presidente do Conselho Regional da Baixada Verde, Wagner Rosa, o projeto tem o objetivo de fortalecer a região. “O turismo não abrange somente as visitas para conhecer as belezas naturais, mas visa também o crescimento econômico das cidades. A população precisa compreender que esse é o objetivo das gestões envolvidas: trazer benefícios e crescimento para o município”, concluiu o gestor, que também é Secretário de Turismo de Magé.

Últimas Notícias

keyboard_arrow_left
    

Centenas de famílias foram contempladas pela iniciativa, que já passou pelos bairros Vista Alegre, Santo Expedito, Vila Americana, Vilar Grande e Fazendinha

Gestão municipal contemplou cerca de 100 profissionais cadastrados junto à Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, que promoverá festival de lives durante a pandemia

Caso aconteceu neste sábado (16) durante ronda no bairro Jardim São Miguel

Durante toda a semana, profissionais de Assistência Social municipal participarão de entrevistas sobre o tema na emissora comunitária Novos Rumos

Mudanças incluem dias e horários específicos para testagem e exclusão do Centro Municipal de Triagem da lista de unidades que oferecem o exame

Promovido em parceria com o Inea, programa Limpa-Rio já passou pelos rios Quebra Coco e Queimados

Com crescente número de casos confirmados, gestão municipal decide estender restrições ao comércio local por mais 15 dias e manter situação de emergência

Força-tarefa foi realizada por agentes de Segurança e Ordem Pública nesta quarta (13) e contou com apoio de policiais militares e guardas municipais

    
keyboard_arrow_right
Facebook     Twitter     Youtube     Flickr     Blogspot