Prefeitura de Queimados - Mais Trabalho e Novas Conquistas
Facebook   Instagram   Youtube   Flickr   Blogspot

Noticías


Planejamento familiar em foco: “Mutirão de Vasectomia” tem início em Queimados

Ao todo, 40 homens serão contemplados pela iniciativa até o fim do ano. Ação da Prefeitura pretende zerar fila de espera no município

25/11/2019 23:21

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

Se prevenir de uma gravidez indesejada não é apenas papel da mulher. Por isso, os homens têm buscado cada vez mais compartilhar essa responsabilidade acerca do planejamento familiar. E para facilitar o acesso a um dos procedimentos que auxiliam nesta causa, a Prefeitura de Queimados, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, deu início neste sábado (23) ao primeiro mutirão de vasectomia da história da cidade.
 
No primeiro dia do projeto foram realizadas 10 cirurgias no Centro de Especialidades Médicas e Clínica da Mulher. Até o fim do ano, estão agendadas mais 30 intervenções. Para realizar o procedimento é necessário estar participando do planejamento familiar, ter acima de 25 anos e no mínimo dois filhos.
 
O primeiro a passar pela cirurgia foi o morador José Ribeiro (40). Ele contou que a ideia foi da esposa, mas que não teve problema em concordar com a sugestão. “Eu admito que a ideia não foi minha te realizar a cirurgia, minha esposa conversou comigo sobre isso, pois já temos dois filhos e não queremos mais nenhum. Eu concordei de cara porque sei o quanto a mulher já sofre por ser quem gera e carrega as crianças, o que custa eu fazer a vasectomia?”, disse o paciente.
 
Procura pelo procedimento é crescente
 
A vasectomia é uma cirurgia que interrompe a circulação dos espermatozóides, impedindo a fecundação e, por conseguinte, a gravidez. O procedimento leva de 15 a 20 minutos e não há necessidade de internação hospitalar. Os interessados em realizar a cirurgia devem procurar a unidade básica de saúde mais próxima de sua casa e começar o acompanhamento de planejamento familiar.
 

 

Segundo dados do Sistema Único de Saúde (SUS) divulgados no ano passado, entre 2001 e 2017 o número de homens vasectomizados cresceu de 7,7 mil para 34 mil. De acordo com a Secretária da Pasta, Drª Lívia Guedes, os números são consequência da desmistificação de tabus. “Muitos homens não realizavam a cirurgia por medo de doença crônicas, impotência e perda de libido, mas a vasectomia não prejudica sexualmente e não causa nenhuma doença. Hoje, com o acesso a mais informações e o aconselhamento no planejamento familiar oferecido pelas unidades de saúde do município, os homens entenderam que esses medos não passam de tabus”, afirmou a gestora.

Últimas Notícias

keyboard_arrow_left
    

O encontro acontecerá nesta segunda (20), no auditório da SEMUS

Em reunião realizada nesta segunda (13), prefeito Carlos Vilela assinou termo de adesão ao serviço, que emitirá documento em 44 minutos

Parceria entre Prefeitura e Universidade Estácio de Sá também oferece benefícios em cursos de pós-graduação. Inscrições vão até dia 24 de janeiro

Moradores com idade entre seis meses e 49 anos podem se vacinar. Prefeitura mobiliza 19 unidades de saúde para imunização até 13 de março

Os carnês estão disponíveis no site da Prefeitura. Outros impostos também terão abatimentos no pagamento antecipado

Além de Queimados, mais nove municípios participam de encontro em prol do desenvolvimento cultural da região

A cerimônia acontecerá na Câmara Municipal dos Vereadores. Eleição realizada no último mês de outubro definiu a nova equipe

Vila Olímpica do bairro Pacaembu oferece oportunidades para Judô, Balé, Futsal, Capoeira, Basquete, Handebol e Vôlei

    
keyboard_arrow_right
Facebook     Twitter     Youtube     Flickr     Blogspot