Prefeitura de Queimados - Mais Trabalho e Novas Conquistas
Facebook   Instagram   Youtube   Flickr   Blogspot

Noticías


Medidas de prevenção ao câncer ocupacional são debatidas em Queimados

Profissionais da rede municipal de saúde participaram de capacitação promovida pela Prefeitura em parceria com o INCA

05/09/2019 13:40

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

Para promover políticas públicas de prevenção ao câncer ocupacional e preparar profissionais de saúde nesta área de atuação, a Prefeitura de Queimados, em parceira com o Instituto Nacional de Câncer, deu início à capacitação “Vigilância do câncer relacionado ao trabalho e ao ambiente” nesta quinta-feira (5).

Cerca de 60 funcionários da rede municipal de saúde (entre médicos, nutricionistas, fisioterapeutas, enfermeiros, psicólogos e assistentes sociais) participaram do evento, realizado no Auditório do Centro de Esporte e Lazer da Terceira Idade. As aulas continuam nesta sexta-feira (6), para mais 70 profissionais já inscritos (entre agentes de saúde e técnicos de enfermagem).  

O município foi o segundo do Rio de Janeiro e ser contemplado com a capacitação dos profissionais de saúde. Durante a oficina, as palestrantes do INCA: Helen Souza, Barbara Geraldina, Ubirani Barros e Kátia Poça abordam temas sobre o câncer no Brasil, estatísticas de mortalidade, agentes cancerígenos no ambiente e no trabalho, além de medidas de prevenção e a importância da notificação dos casos ao Ministério da Saúde (apesar de existirem evidências científicas que exposições no trabalho podem causar câncer, o número de registros ainda é pequeno).  

De acordo com os dados do INCA, 10,8% dos casos de cânceres em homens e 2,2% em mulheres surgem em função de fatores relacionados ao local de trabalho. Quando expostos a substâncias como poeira, agrotóxicos, metais e radiações, as chances de adquirirem câncer no pulmão, na pele e na bexiga, leucemia e os mesoteliomas podem aumentar.  

Enfermeira Daiane Mesquita

Para a Secretária Municipal de Saúde, Drª Lívia Guedes, a capacitação é importante para despertar um novo olhar nos profissionais.  “Uma vez que cogitamos a possibilidade daquele paciente ter um câncer ocupacional, conseguimos o diagnóstico precoce, o que aumenta suas chances de cura. Além disso, as unidades de saúde poderão adotar medidas de prevenção e conscientização, orientando os usuários sobre os riscos que podem estar expostos”, afirmou a gestora.  

Enfermeira na Clínica da Família Pastor Robson Romero de Oliveira, Daiane Mesquita acredita que o curso é essencial para aprimorar ainda mais os serviços prestados a população. “Nem sempre relacionamos a doença do paciente com o ambiente de trabalho. Após esta oficina tenho certeza que todos aqui passaram a considerar mais essa possibilidade ao examinar atentamente os moradores que chegam à unidade de saúde”, afirmou a profissional.

Últimas Notícias

keyboard_arrow_left
    

Apresentação realizada por agentes do Proerd irá discutir bullying nas escolas nesta segunda (18)

Evento vai acontecer no próximo domingo (24) e pretende reunir mais de mil pessoas, entre atletas e amadores, para um percurso de 8 km

Cerca de 200 moradores foram beneficiados com a iniciativa nesta quinta (14)

Aluno da rede municipal recebeu um telescópio durante visita ao observatório astronômico do IFRJ nesta quarta-feira (13). Padrinhos têm até dia 30 para entregar presentes na agência da cidade

Ao todo, 19 postos de saúde estão disponíveis para imunização. Nesta fase, foco é proteger pessoas com idade entre 20 e 29 anos

O evento apresentou os trabalhos produzidos pelos profissionais da rede que participaram da capacitação

Verificação de glicemia e pressão arterial serão alguns dos serviços oferecidos na Praça Nossa Senhora da Conceição

A jovem já busca recursos para disputar bi-campeonato mundial da modalidade no ano que vem

    
keyboard_arrow_right
Facebook     Twitter     Youtube     Flickr     Blogspot